Como Funciona a Copa do Mundo FIFA



A Copa do Mundo de 2014 era um evento que eu aguardava ansiosamente desde que o Brasil foi escolhido para sediar a competição.

Mas não porque eu estava animado, mas sim porque eu sabia que um país que não consegue fornecer o básico para sua população, não iria de forma alguma prestar um serviço de qualidade e construir toda uma infraestrutura de forma honesta. A Copa aconteceu e provou tudo que eu já esperava.

Esse vídeo do jornalista e comediante John Oliver é excelente, porque ele explica de forma simples e prática como a FIFA opera nos países sede da Copa do Mundo, sendo que de forma mais agressiva, abusiva e irresponsável em países fragilizados socialmente,  economicamente e culturalmente. Eles conseguiram explorar ao máximo o complexo de inferioridade do brasileiro e a lavagem cerebral midiática que a maioria da população pobre vem sofrendo há décadas.

Realmente o dinheiro que foi gasto na Copa não chega a ser grande coisa, comparado com a quantia que é destinada à pagar os juros das dívidas com os bancos internacionais. E principalmente se levar em conta de que o dinheiro não existe, os estádios não foram construídos de papel, mas com recursos naturais. Vendo desta forma, posso afirmar que houve um desperdício de recursos naturais na construção de estruturas como a Arena Pantanal e a Arena da Amazônia por exemplo, que não terão muita utilidade depois da Copa. Servirão apenas para a CBF forçar jogos das competições nacionais nesses lugares, mais uma forma que eles encontraram de forçar viagens desnecessárias de equipes de futebol que estão já estão endividadas até o pescoço. Enfim, tudo feito para tornar pessoas e entidades poderosas cada vez mais poderosas.

Dívida e Juros, o Cancêr do País

Embora a grande maioria dos brasileiros esteja alienada pela mídia e pela educação falida que recebe nas instituições de ensino, essa é a realidade. Nada do que ele diz é mentira ou absurdo, e todas essas informações estão disponíveis para quem tiver o mínimo de interesse.

Temos no Brasil a lei que proibia cerveja nos estádios, mas a FIFA passou por cima dessa lei. Conhecida como Lei Budweiser, a empresa terá autorização para vender sua cerveja livremente. Não estou aqui para defender ou criticar a venda de cerveja em estádios, vale a pena apenas observar que quem dita as regras não é o governo. Mas isso é completamente irrelevante quando temos que lidar com o fato de que a FIFA, seus parceiros e patrocinadores da Copa não pagarão nenhum centavo de imposto, é, mas alguém tem que pagar essa diferença, e adivinha para quem sobra? Mas não vi a Globo, Record, Band, ESPN, Fox Sports, SporTV ou qualquer outra emissora dar importância a isso.

Viva a República Corporativa do Brasil!

Na contramão da Fifa, Uefa (União das Federações Européias de Futebol)  proíbe venda de álcool em estádios

É como dizia o velho banqueiro Amsel (Amschel) Bauer Mayer Rothschild:

“Deixe-me emitir e controlar o dinheiro de uma nação e não me importa quem faz suas leis.”

A FIFA, que já arrecadou milhões antes mesmo das obras para Copa começarem com os ingressos caríssimos, ainda por cima não gasta nenhum um centavo durante a competição, os estádios não são construídos com a sua pequena reserva de 1 bilhão, e as pessoas que estão trabalhando dentro dos estádios são voluntários, funcionários dos governos de cada estado ou das empresas que ajudam a financiar a Copa.

Não satisfeita em arrecadar o dinheiro dos ingressos a FIFA exige ficar totalmente isenta de impostos, e não somente ela, mas também TODOS os parceiros da entidade e patrocinadores oficiais da Copa, como: Coca-Cola, McDonald’s, Budweiser, Johnson & Johnson, Oi, Castrol, Continental, Itaú e etc. Vejam a lista completa no site. Mas depois que a Copa começou eles emitiram um comunicado em sua página oficial dizendo que eles não fizeram essa exigência, que na verdade foi nosso governo que teria oferecido, o ministro dos esportes disse que não foi bem assim, mas ele nem é louco de discordar.

Não entendo e não aceito as vaias a Dilma na partida entre Brasil e Croácia, principalmente de quem pagou quase um salário mínimo, ou até mais, para assistir a partida, não entendi mesmo, me pareceu no mínimo, idiotice. Ela é apenas mais um fantoche na mão das corporações e bancos, que aliás, foram as únicas pessoas que realmente ganharam e ganharão dinheiro com a Copa do Mundo, a curto e a longo prazo. Não podemos nos esquecer das emissoras que ganham muito dinheiro com as propagandas nos intervalos das partidas e durante a Copa de uma forma geral, e das premiações dos jogadores. É meu caro, enquanto você só se endividou ou gastou dinheiro do seu suado salário para “prestigiar” pessoas que nem sabem que você existe, saiba que caso eles faturem o hexa embolsarão a pequena quantia de R$ 1,3 milhões para cada um.

Resolvi me aventurar como editor de arte, e aproveitei a capa da esquerda, de uma matéria elaborada pela IstoÉ (Dinheiro), e criei uma inteiramente nova a direita, e fica aí uma sugestão de matéria, só que abordando uma realidade um pouco mais dura.

Jogadores Ricos, Povo Pobre

Em uma semana, nova favela do Rio é ocupada por 6.000 famílias

Não podemos também ver a FIFA como única vilã nessa história, todo evento é uma oportunidade de negócios para bancos, construtoras, empresários e políticos de ficarem cada vez mais poderosos. Se eles conseguiram trazer esses eventos para o Brasil, é porque eles sabem o povo que têm, passivo, covarde, ignorante, alienado e conformado.

Não aconselho ninguém a protestar durante os jogos, não vale a pena, porque 97% da população não está nem aí, eles querem o “pão e o circo”, os estádios já foram construídos e a Copa vai acontecer de qualquer jeito. Proteste de forma inteligente, não utilizando nenhum serviço ou não consumindo nenhum produto dos parceiros da FIFA, dos patrocinadores da Copa, e das empresas que patrocinam a seleção brasileira, e não assista aos jogos.

Não perco meu tempo assistindo aos jogos ou torcendo contra, se o Brasil for campeão ou não, nada vai mudar. As pessoas que acordam cedo e pegam um transporte apertado, que enfrentam trânsito, que sobrevivem com um “salário de fome”, que têm medo de andar na rua por causa da violência, que ficam no corredor dos hospitais públicos sem atendimento, e os alunos que mesmo sem greve de professores sofrem com falta de aulas, continuarão vivendo nas mesmas condições.

Grafiti Copa do Mundo Brasil 2014

Enquanto os jogadores, independente de serem campeões ou não, continuarão vivendo em mansões, com seus carros importados e seus salários de 6 dígitos, não se importando com essas mesmas pessoas que torceram por eles, que compraram ingresso caro, camisas, bandeiras, enfeitaram ruas e fizeram festa.

Mas é impressionante como basta a mídia dizer que deve se odiar manifestações, greves e protestos, que num estalar de dedos, todos passam a odiar aqueles “vagabundos” que fecham as ruas e atrapalham sua ida ao trabalho e sua “paz”. Há aqueles que utilizam manifestações para cometer crimes e atos de vandalismo contra pessoas de bem, mas o problema é que agora quem decide se uma manifestação, greve ou protesto é baderna ou não é a mídia, e a população sem senso crítico prefere apoiar jogadores que já estão com dinheiro “saindo pelo ladrão”, do que seus semelhantes, que passam pelas mesmas dificuldades e que lutam por direitos que irão melhorar a vida de todos.

“Se você não for cuidadoso, a imprensa fará você odiar os oprimidos, e amar os opressores.”  –  Malcolm X

E se você acha que seu “protesto” será nas urnas, ou você tem preguiça de raciocinar ou é burro mesmo. Se a FIFA  e seus parceiros fizeram o que quiseram, assim como várias outras empresas que recebem benefícios ficais por abrirem fábricas em nosso país e consumir nossos recursos naturais à troco de nada, o que te faz pensar que são os políticos que mandam no país? É assim aqui, e é assim no mundo todo, mas ninguém parece ligar.

Governo de Mentira

Cada povo tem o país que ele mesmo constrói. O triste não é um esporte ser a alegria de um povo, o que é realmente triste é um esporte ser a única alegria de um povo. Um povo com tanto potencial não deveria se vender por tão pouco.

Não tenho nada contra futebol, eu particularmente gosto de assistir e jogar, mas as pessoas o levam muito a sério, não tem sentido um jogador ganhar tanto dinheiro para algo tão sem importância, enquanto dezenas de profissionais muito mais importantes para humanidade passam dificuldades. Se o futebol, assim como outros esportes, rendem tanto dinheiro, é porque você mesmo alimenta isso.

Encerro com a imagem abaixo. A foto foi divulgada pelo jornalista britânico Michael Calvin, que trabalha para o Independent. Como você pode ver, ele mostra uma mulher lutando por restos em uma lixeira com milhares de torcedores brasileiros passado em seu caminho para o estádio. O ato de um torcedor jogando uma garrafa vazia no lixo, aparentemente totalmente inconsciente da mulher, mostra o abismo enorme entre a elite que frequentou os estádios durante a Copa e os que não têm absolutamente nada, no país mais populoso da América do Sul.

torcedor-garrafa-no-lixo

Compartilhe :

Comente

5 Comentários

  1. for women does it work – how fast does viagra work .

  2. We are a gaggle of volunteers and starting a brand new scheme in our community.
    Your site offered us with helpful info to work on. You have performed a formidable
    task and our whole community can be thankful to
    you.

  3. Hi, i feel that i noticed you visited my blog so i came
    to return the desire?.I am trying to in finding issues to improve
    my site!I guess its good enough to use some of your
    ideas!!

  4. Hi there exceptional website! Does running a blog similar to this require a lot of work?
    I have very little knowledge of coding but I was hoping to start my own blog in the near future.
    Anyhow, if you have any ideas or tips for new blog owners please share.

    I understand this is off topic however I just needed to ask.
    Appreciate it!

  5. Click her for at bestille din generiske .

Comente

Redigite o código abaixo:

captcha